Tempo é dinheiro: 3 dimensões em que o tempo pode contribuir para riqueza pessoal

Que bom que você está dedicando algum tempo para ler este artigo. Caso ainda não tenha percebido, este tempo pode aparentemente não custar nada para você, mas provavelmente lhe renderá bastante. O motivo é óbvio: você está dedicando um bem escasso para aprender um pouco mais sobre o seu dinheiro.


No artigo de hoje, ensinarei como utilizar um recurso escasso como o tempo para ter uma vida mais rica.


Aprendendo com a prática

Há anos luto para mostrar às pessoas que meu currículo acadêmico teve como principal função apenas abrir portas.


O conhecimento que me proponho a difundir por meio de vídeos, artigos e livros não vem da faculdade ou da escola. Vem da vivência, da prática, da curiosidade, do tempo que dediquei a ler livros, jornais e revistas especializadas.


Ninguém nos ensina (ainda) a enriquecer nos bancos escolares. A habilidade que investidores têm em lidar com fundos, ações, títulos, imóveis, técnicas de negociação e particularidades dos mercados vem de seu envolvimento na carreira. Em outras palavras, vem do tempo dedicado a uma atividade intensa, complexa e apaixonante que é investir.


Como transformar tempo em dinheiro

O tempo é um dos componentes mais importantes de qualquer fórmula de enriquecimento. É um ingrediente fantasticamente democrático, pois está disponível em quantidades iguais para qualquer ser humano. Quem souber usá-lo melhor, prosperará mais.


Há três dimensões distintas em que o tempo pode contribuir para sua riqueza pessoal:


1. Você precisa de tempo para se organizar

Sim, eu e você sabemos que seu tempo é escasso, mas, se você dedica mais de oito horas diárias ao seu trabalho e à sua carreira, estará cada vez mais competente em ganhar dinheiro exclusivamente como consequência de seu suor.


Se não dedicar algum tempo a traçar planos, colocar o seu dinheiro na ponta do lápis e planejar sua independência financeira, na melhor das hipóteses passará a vida como escravo de você mesmo: com liberdade de escolha, desde que dedicando seu tempo ao trabalho.


Você pode ler mais sobre o equilíbrio para conquistar a independência financeira em nosso conteúdo sobre o tema.


2. Você precisa de tempo para se informar

Não basta se organizar e confiar seus investimentos a uma estratégia de longo prazo. Estratégias de investimento, para serem eficazes, precisam de certo dinamismo. Se seu investimento é seguro ao longo de décadas, é porque seguramente você ganhará pouco com ele durante este período. Até as mais conservadoras estratégias de investimento merecem alguma atenção de tempos em tempos, para que você assegure bons ganhos.


Investe em renda fixa? Verifique a capacidade de pagamento do país e das grandes empresas de vez em quando.


Investe em ações de grandes empresas, pagadoras de consistentes dividendos? Cheque periodicamente as estratégias e opiniões do mercado sobre a empresa.


Investe em imóveis? Lembre-se de estudar o plano diretor da cidade de tempos em tempos. Quanto mais informados estamos, menos sujeito ao “efeito manada” está nosso dinheiro.


#DicaBTG: Faça o exercício de investir tempo para aprender sobre investimentos em renda fixa e sobre o mercado de ações.


3. Você precisa de tempo para multiplicar o seu dinheiro

O resultado dos investimentos, diferentemente das loterias, vem com o tempo. Quanto mais conservadora sua estratégia, mais ela dependerá do longo prazo para mostrar seus resultados. Um real aplicado hoje irá render juros mensalmente, daqui para frente. Quanto mais meses você tem pela frente, mais intensa é a acumulação exponencial do saldo de sua conta investimento. Isso devido ao poder dos juros compostos. Clique aqui e aprenda a usar os juros compostos ao seu favor.


Se você tem, por exemplo, um projeto de acumular um milhão de reais em dez anos, isso não significa que terá quinhentos mil em cinco anos, pois este meio milhão provavelmente estará em suas mãos apenas por volta do oitavo ano de seu plano. Muitos jovens surpreendem-se ao perceber que cem reais mensais podem ser suficientes para, bem investidos e com pouco risco, acumular o primeiro milhão antes da idade de sua aposentadoria.


Estratégias para quem não tem tempo

Teoricamente, você deveria ter tempo para disciplinar seus investimentos através de um plano de longo prazo, cuidar dos efeitos da inflação e estudar alternativas para o seu dinheiro.


Recomenda-se, portanto, para quem dispõe deste tempo, que abra uma conta em uma corretora de valores e passe a operar a compra de títulos públicos, derivativos e ações através de práticos home brokers e plataformas de investimento.


Mas quem não tem tempo para isso não precisa se desapontar. O mercado financeiro generosamente criou soluções de investimento para quem tem pouco e para quem tem muito tempo. Todas bastante eficazes.


Na falta de tempo para buscar informações sobre diferentes títulos públicos e ações, você pode simplificar essa tarefa aprendendo sobre uma alternativa de investimento bem mais simples: os fundos de investimentos. Neles, gestores altamente qualificados selecionam as melhores alternativas de investimento segundo a política adotada pelo fundo.


Veja como escolher um fundo de investimentos



Quem não tem tempo sequer para organizar suas contas pessoais e traçar planos envolvendo fundos, pode recorrer a uma alternativa mais conveniente: os Planos de Previdência. Além de contar com gestores profissionais que cobram suas taxas de administração, Planos de Previdência cobram ainda as chamadas taxas de carregamento pela administração de uma estratégia de longo prazo. Mas, considerando os diversos benefícios dessa alternativa de investimento, como menor carga fiscal e caracterização como seguro em caso de falecimento, as vantagens não são desprezíveis. Mesmo quem não tem tempo nenhum pode automatizar suas conquistas pessoais ao optar por um PGBL ou um VGBL.


Leia o nosso Guia Completo de Previdência Privada e ganhe tempo investindo no futuro.


Conclusão

Sem qualquer ranço de hipocrisia ou demagogia, defendo que o melhor investimento de qualquer mercado é o tempo que alguém pode investir para aprender mais sobre investimentos, economia e sobre suas finanças. Esse aprendizado vale a pena, pois, diferentemente do que acontecia no período de inflação elevada, a estabilidade econômica de hoje nos traz o benefício de poder utilizar nossa bagagem econômica por um prazo de validade muito maior, premiando aqueles que investiram, simplesmente, no tempo de aprendizado.


A falta de tempo não deveria ser desculpa para não enriquecer, pois existem serviços de conveniência financeira à nossa disposição. O que falta, no mínimo, é dedicar um pequeno tempo a fazer escolhas. O tempo necessário para planejar pode parecer excessivo, mas é importante perceber que, se dedicando com seriedade para fazer contas para seu futuro, você não precisará mais do que alguns minutos mensais para refinar este projeto ao longo de sua vida.


Quem não tem tempo para planejar pode continuar sonhando ou contando com loterias. Pessoalmente, acredito que quem sonha muito viverá apenas uma vida de sonhos. Por outro lado, quem faz planos e se dedica a eles provavelmente viverá uma vida de muitas realizações.


Ganhe tempo aprendendo sobre investimentos e acompanhando o que é importante para o mercado a cada dia. Inscreva-se no Telegram do BTG Pactual digital.



O conteúdo disposto neste artigo foi originalmente publicado no blog do BTG Pactual Digital, sendo toda a responsabilidade, direitos autorais e crédito devido a seus autores.