Invista em uma carteira completa no exterior com apenas 100 reais

Você já deve saber que, desde o final de outubro, não é mais necessário ser um investidor qualificado ou abrir conta em corretora estrangeira para comprar papéis de gigantes como Apple, Amazon, Microsoft, Disney, Tesla, entre muitas outras empresas internacionais que provavelmente fazem parte do seu dia-a-dia.


Isso porque a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) aprovou uma nova regra que permite a qualquer investidor brasileiro comprar os chamados BDRs (Brazilian Depositary Receipts), que nada mais são dos que os recibos negociados na B3 de ativos listados no exterior – em especial no pujante mercado norte-americano.


Com negociação até então restrita a quem possuía R$ 1 milhão em aplicações financeiras ou algumas certificações específicas, agora os BDRs estão acessíveis a todos os investidores pessoa física, que passam a contar com mais uma ótima ferramenta de diversificação.


Pela baixa correlação que possuem com os ativos brasileiros, conservar parte do seu patrimônio alocada em investimentos globais costuma ser bastante eficiente para reduzir a volatilidade e, consequentemente, o risco de sua carteira, algo ainda mais desejável em tempos de incerteza.


Mas para que essa diversificação seja eficiente, é fundamental que a escolha dos BDRs seja feita de forma adequada, geralmente após uma análise minuciosa das empresas e dos mercados nos quais elas atuam. Afinal, uma única surpresa negativa pode comprometer todo o efeito positivo de outros papéis que apresentem a performance esperada.


Não é uma tarefa fácil, especialmente se você não possui tanto conhecimento sobre o assunto. Você não deve, por exemplo, comprar um BDR só para ganhar um lanche, sem antes pesquisar minimamente a situação financeira da companhia em questão.


Se este for seu caso, a primeira dica que eu dou é para sempre basear suas decisões de investimentos em opiniões de especialistas, que são remunerados justamente para dar boas recomendações.


Uma delas certamente é a que eu trago hoje aqui para você em primeira mão.


Recém-ingresso em nossa plataforma, o BTG Pactual Diversified Global Portfolio FIA – BDR Nível I permite que você conquiste a diversificação ideal com ativos internacionais a partir de um único produto.


Trata-se de um fundo inédito no mercado com estratégia de renda variável global, composto por BDRs que têm como lastro as cotas de diversos ETFs estrangeiros – fundos que refletem o desempenho de um determinado índice.


Na prática, ao investir neste fundo, você está comprando uma carteira composta por quinze ativos de diversos setores espalhados pelos EUA, União Europeia, Japão, China, entre outros mercados emergentes.


Vale lembrar que os ETFs são uma ótima oportunidade para quem deseja começar a investir – e lucrar – no exterior mesmo sem ter tanta experiência no mercado, na medida em que são produtos construídos e administrados por especialistas.


No caso do BTG Pactual Diversified Global Portfolio FIA – BDR Nível I, você ainda conta com a gestão ativa da nossa Asset, que acompanha diariamente a performance de cada um dos ativos que compõem o fundo e pode optar por um rebalanceamento da carteira quando julgar necessário.


Levando em consideração o portfólio atual, simulamos a performance que o fundo teria nos últimos cinco anos, caso ele já existisse. Conforme o gráfico abaixo, ele teria entregado um retorno anualizado de 16,4%, quase 3 pontos percentuais acima dos 13,9% ao ano do MSCI All Countries, principal índice de referência.


Em tempos de Selic na mínima histórica e juros zerados ou negativos em boa parte dos países desenvolvidos, 16,4% ao ano é um retorno extremamente atrativo, sobretudo pelo perfil do produto que naturalmente acaba mitigando muitos dos riscos da renda variável.


Agora, a melhor notícia…


O BTG Pactual Diversified Global Portfolio FIA – BDR Nível I já encontra-se disponível na seção de fundos em nossa plataforma a partir de uma aplicação mínima de apenas 100 reais!


Estou falando de um produto revolucionário, sofisticado e totalmente acessível a todos os clientes do BTG Pactual digital.


Para investir, basta clicar aqui e você será direcionado para o link do fundo em nossa plataforma.


Em caso de dúvidas ou para mais esclarecimentos, entre em contato com seu assessor de investimentos.



O conteúdo disposto neste artigo foi originalmente publicado no blog do BTG Pactual Digital, sendo toda a responsabilidade, direitos autorais e crédito devido a seus autores.