Especialista conta o porquê de contratar um bom seguro de vida


Planejamento financeiro é algo que, indiscutivelmente, qualquer pessoa precisa fazer para buscar seus objetivos pessoais ao longo de sua vida. Afinal, um bom planejamento é responsável por permitir que se tenha mais renda no médio e longo prazo, que se previna contra imprevistos e também que se realize sonhos. Contudo, quando pensamos nesse tema, é natural que nos atenhamos muito a investimentos e negligenciemos a importância de ter um bom seguro de vida.


“Especialistas em planejamento financeiro concordam que a contratação de um seguro de vida é algo que praticamente todas as pessoas precisam fazer para ter uma boa eficiência em sua vida financeira, inclusive pessoas jovens”, afirma Marina Goulart, planejadora financeira e profissional do BTG Pactual.


“É claro que as condições de cada seguro vão variar bastante de acordo com o momento e as necessidades de cada pessoa, mas, dentro do bom planejamento financeiro, é um fato que fazer uma apólice condizente com seu padrão de vida é algo relevante para praticamente qualquer pessoa”, complementa a especialista em investimentos.


Vantagens


Entre as vantagens deste produto, Gabriel Escabin, head de produtos de Vida e Previdência da seguradora do BTG Pactual, destaca que o seguro de vida é um produto que permite um bom planejamento sucessório. “Com um aporte menor, o cliente consegue fazer um bom seguro e garantir uma proteção, inclusive em caso de invalidez no trabalho, por exemplo”, menciona Escabin.


Além disso, diferentemente do que muitas pessoas pensam, o seguro de vida é livre de indicação de beneficiários, o que significa que o segurado pode indicar a pessoa que quiser para receber o benefício. “Essa é uma ferramenta de gerenciamento de riscos no patrimônio extremamente maleável e adaptável. Assim, cada pessoa pode contratar uma apólice feita sob medida para as suas necessidades. Adicionalmente, diferentemente do que muita gente pensa, essa é um produto que costuma ter um preço muito mais acessível”, afirma.


Outro ponto importante para se ressaltar é que o eventual valor recebido de uma apólice de seguro é inalienável, inafiançável, não entra em inventário e não conta com incidência de imposto de renda em caso de recebimento do benefício por sinistro. “É uma chance de trazer liquidez e muita segurança em um momento de necessidade”, finaliza Escabin.


Distribuição B2B


Com a flexibilidade desse produto e com as suas vantagens oferecidas para o cliente final em seu planejamento financeiro, João Fonseca, sócio do BTG Pactual, acredita que os corretores de seguros têm, ainda, muito mercado a desbravar no Brasil. “O profissional que distribui seguro de vida ainda tem muito a crescer no Brasil. Com a maior consciência financeira do brasileiro que temos acompanhado ao longo dos últimos anos, é natural que aumente a procura por essa proteção no patrimônio”, completa o executivo.



O conteúdo disposto neste artigo foi originalmente publicado no blog do BTG Pactual Digital, sendo toda a responsabilidade, direitos autorais e crédito devido a seus autores.