Como ter equilíbrio entre curto e longo prazo nas finanças e nos investimentos


Foco, organização e planejamento financeiro são conceitos que estão intimamente relacionados quando o assunto é finanças pessoais. Fazer investimentos apenas com foco no longo prazo, por exemplo, não é o ideal – é importante sempre buscar o equilíbrio.


Quando você deseja investir, é fundamental aprender a conter a ansiedade para planejar e escolher os melhores investimentos para a sua realidade. Ou seja, poupar e investir precisa fazer sentido para a realização das suas metas e objetivos tanto de curto quanto de longo prazo.


Neste artigo, falarei sobre a relação de equilíbrio entre curto e longo prazo nas finanças e investimentos. Boa leitura!


Investir ou viver o presente?

Um dos pontos mais importantes quando estamos falando de finanças é pensar no futuro. No entanto, muitas pessoas acreditam que poupar dinheiro para realizar algum sonho mais para frente significa não fazer consumos no momento presente.


Naturalmente, isso se torna uma grande dificuldade para as pessoas. Afinal, o que elas tendem a pensar é que precisam trocar um prazer imediato por, talvez, uma situação melhor no futuro. Mas será mesmo que isso é realmente necessário?


Esse tipo de pensamento gera sentimentos e dilemas que são difíceis de conciliar. As pessoas acreditam que, para investir, precisam trocar algo certo e imediato pela possibilidade remota de realizar um objetivo no futuro. Em geral, as questões de curto prazo acabam vencendo.


E quando apenas o futuro interessa?

Por outro lado, existem aquelas pessoas que levam a ideia do longo prazo além do necessário. Nesses casos, o que ocorre é que elas começam a não viver o presente em função do futuro.


Ou seja, adotam uma atitude muito voltada ao guardar dinheiro, o que ultrapassa o limite de ser saudável. Pode se tornar mesquinharia ou impactar fortemente sua qualidade de vida hoje.


Então tudo o que essas pessoas passam a ver na vida são alternativas de gastar menos e economizar mais. Com isso, elas começam a tomar atitudes que prejudicam o bem-estar no momento presente em nome de guardar dinheiro para o futuro.


É isso que pode fazer com que elas se tornem mesquinhas e totalmente focadas apenas no futuro. O problema é que se ocorrer alguma coisa — como um imprevisto de saúde ou até mesmo se a pessoa vier a falecer — ela nunca poderá usufruir do dinheiro.


Até mesmo se a pessoa conseguir chegar no longo prazo, podem existir problemas. Por exemplo, ela não terá desenvolvido ao longo da vida um equilíbrio mental e emocional para usufruir dos recursos acumulados.


Logo, pode ser que esse tipo de pessoa continue sendo extremamente econômica no futuro. Há o risco de dar mais valor ao dinheiro do que às realizações e experiências que ela pode ter ao longo da vida.


Qual é a importância de equilibrar as finanças?

Como você viu, não é interessante viver apenas o presente sem pensar no futuro. Da mesma forma, viver em função de poupar dinheiro pode fazer com que você deixe de vivenciar experiências únicas hoje.


Nesse sentido, a palavra-chave é buscar o equilíbrio entre a realização dos projetos de longo prazo e de curto prazo. Atitudes simples que você tem no dia a dia já ajudam a ter esse controle, como fugir de endividamento, evitar o parcelamento de compras, entre outras.


É necessário que tudo seja feito dentro das suas possibilidades. Além disso, não se esqueça de determinar um valor que precisa ser poupado com frequência. É aí que o planejamento financeiro entra.


Ele ajuda a definir em quais setores da sua vida você gasta mais dinheiro. Assim, é possível encontrar oportunidades para adaptar as despesas e ter um orçamento mais condizente com a sua realidade.


Confira 6 dicas essenciais para um controle financeiro pessoal eficiente em nosso conteúdo sobre o tema.


Como se dá a questão do equilíbrio nos investimentos?

Outro ponto importante é o equilíbrio de curto, médio e longo prazo nos investimentos. Normalmente, as pessoas que poupam também investem esse dinheiro com o objetivo de usá-lo em algum momento.


Um tipo de uso muito comum é aquele destinado à aposentadoria, visando uma melhor qualidade de vida no futuro — mas ele não é o único. As pessoas também investem para realizar outros sonhos, como fazer uma viagem, comprar uma casa ou realizar diversos projetos.


#DicaBTG: Aprenda a criar uma estratégia financeira para realizar sonhos. Clique aqui.


Então, quando você for investir, é importante tentar equilibrar todos esses pontos. Ou seja, não concentre os investimentos apenas com a finalidade de gastar, porque assim você nunca verá os benefícios dos juros compostos.


A ação dos juros compostos requer tempo. Não adianta uma pessoa ser capaz de poupar sempre se ela também está sempre gastando logo em seguida. É importante que ela saiba como juntar dinheiro para o longo prazo.


Isso significa que é essencial ter um equilíbrio entre poupar e investir. Sempre pensando tanto nos objetivos de curto prazo que quer realizar, quanto nos investimentos que deseja fazer para preservar a qualidade de vida na aposentadoria.


Em resumo, você não deve negligenciar nem a economia e nem os investimentos. É importante sempre equilibrar as duas atitudes para ter uma vida melhor.


Como fazer um planejamento financeiro e traçar objetivos?

Mas afinal, como fazer um planejamento financeiro e traçar objetivos de investimentos de curto, médio e longo prazo? É fundamental criar estratégias para conquistar resultados de acordo com as suas necessidades, como:

  • fazer uma planilha de controle financeiro para analisar suas fontes de receita e descobrir o seu real ganho líquido;

  • anotar todas as suas despesas, sejam elas fixas ou variáveis;

  • separar qual valor você poderá usar para investir mensalmente para alcançar seus objetivos;

  • definir se o cumprimento das suas metas poderá ser feito em curto ou longo prazo

  • escolher os investimentos adequados de acordo com o seu perfil de investidor e com o período para usufruir do dinheiro.

Agora que você sabe que fazer investimentos de longo prazo não o impede de viver o presente e realizar metas de curto prazo, não deixe de investir. Assim como tudo na vida, o equilíbrio é fundamental para ter mais qualidade de vida no futuro e realizar seus sonhos.


Quer começar a investir para ver o seu dinheiro render? Abra a sua conta no BTG Pactual digital e faça seus investimentos com tranquilidade e segurança!


Leia também: Como organizar sua vida financeira? Confira 9 dicas essenciais!



O conteúdo disposto neste artigo foi originalmente publicado no blog do BTG Pactual Digital, sendo toda a responsabilidade, direitos autorais e crédito devido a seus autores.