BDRs: número de investidores dobra em um mês e chega a quase 100 mil


De acordo com a diretora de emissores da B3, Flávia Mouta, o número de investidores de BDRs (Brazilian Depositary Receipts), recibos depositários brasileiros lastreados a papéis internacionais, passou de 50 mil pessoas em outubro deste ano para 100 mil ao final de novembro. A fala foi em evento remoto promovido por CVM, AMEC e CFA Institute: “A retomada da economia e o papel do mercado de capitais”, na última quinta-feira (10). “O BDR foi uma resolução revolucionária no Brasil em 2020”, destacou Mouta.


Há um ano, o número de investidores de BDRs era de 2,9 mil. Em novembro, segundo a B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), foram registrados 98,3 mil investidores, sendo 97.454 pessoas físicas. Vale ressaltar que o investimento em BDRs para investidores comuns foi aberto apenas em outubro deste ano. Mesmo assim, o número de investidores destes certificados de depósito de valores mobiliários dobrou em um período de pouco mais de um mês.


O especialista em BDRs da EXAME Research, Bernardo Carneiro, CFA, destacou que o aumento no número de investidores pessoas físicas em um período curto é um grande passo. “O gráfico [divulgado pela B3] mostra que não tinha quase ninguém investindo em BDR pessoa física há 1 ano e evidencia o interesse por diversificação, novas formas de ganhar dinheiro e fugir um pouco da limitação que o Brasil dá”, analisou Carneiro.


Carneiro salientou que o Brasil ainda possui uma grande limitação em opções de investimento e, por isso, para o investidor que já está familiarizado com ações e com a bolsa de valores, os BDRs devem ser uma boa saída para proteger um pouco o patrimônio e ter oportunidades distintas do mercado doméstico, sujeitas a um ambiente político diferente e a outras economias mais fortes e dinâmicas.


“O gráfico mostra 239 milhões de reais por dia de BDR [volume diário negociado em novembro]. É um salto de 14 vezes em relação a um ano atrás [novembro de 2019], o que evidencia o interesse das pessoas físicas neste tipo de investimento. É um salto gigantesco”, afirmou o especialista da EXAME Research.


A B3 também divulgou a tabela de BDRs mais negociados em 2020. Entre as empresas, estão gigantes como o Mercado Libre, a Tesla, Apple, Amazon etc. Segundo Carneiro, entretanto, essas companhias figurarem entre as mais negociadas não significa muita coisa para o investidor. O especialista alerta que é preciso olhar para alguns indicadores importantes antes de fazer aportes.


Para a matéria completa, acesse: https://exame.com/invest/bdrs-numero-investidores-dobra-um-mes-chega-quase-100-mil/



O conteúdo disposto neste artigo foi originalmente publicado na Exame, sendo toda a responsabilidade, direitos autorais e crédito devido a seus autores.