Investimentos, Ações, conta no exterior, offshore, banco de investimentos, câmbio, dólar, euro, ouro, petróleo, Investir em ações, petrobrás, Vale, renda fixa, cdb, LCI, LCA, Debêntures de Infraestrutura, educação financeira, fundo de renda fixa, Juiz de fora investimentos, fundos imobiliários, aluguéis, Letras Financeiras, Títulos do Tesouro, viver de renda, viver de juros, investimento seguro, long & short, corretora de valores, assessoria financeira, viver de bolsa, viver de renda, fundos imobiliários, viver de aluguéis, previdência privada, aposentadoria com qualidade, investir em ações, dividendo, DPGE, FGC, XP, btg, pactual, private, BNDES, empréstimos, covid-19, corona vírus, pib, atendimento por videoconferência, assessoria financeira, investimentos, ubá, viçosa, três rios, petrópolis, barbacena, visconde do rio branco, tocantins, rio de janeiro, duque de caxias, barra da tijuca, recreio, zona sul, jacarepaguá, lavras, timóteo, coronel fabriciano, ipatinga, governador valadares
Investimentos, Ações, conta no exterior, offshore, banco de investimentos, câmbio, dólar, euro, ouro, petróleo, Investir em ações, petrobrás, Vale, renda fixa, cdb, LCI, LCA, Debêntures de Infraestrutura, educação financeira, fundo de renda fixa, Juiz de fora investimentos, fundos imobiliários, aluguéis, Letras Financeiras, Títulos do Tesouro, viver de renda, viver de juros, investimento seguro, long & short, corretora de valores, assessoria financeira, viver de bolsa, viver de renda, fundos imobiliários, viver de aluguéis, previdência privada, aposentadoria com qualidade, investir em ações, dividendo, DPGE, FGC, XP, btg, pactual, private, BNDES, empréstimos, covid-19, corona vírus, pib, atendimento por videoconferência, assessoria financeira, investimentos, ubá, viçosa, três rios, petrópolis, barbacena, visconde do rio branco, tocantins, rio de janeiro, duque de caxias, barra da tijuca, recreio, zona sul, jacarepaguá, lavras, timóteo, coronel fabriciano, ipatinga, governador valadares

(Bloomberg) Philipp Hildebrand, vice-presidente do conselho da gestora BlackRock, disse que os mercados financeiros têm subestimado o risco de aceleração da inflação no médio prazo, especialmente porque os bancos centrais terão dificuldades para aumentar os juros, mesmo com as maiores pressões sobre os preços.


Hildebrand, que foi presidente do banco central suíço, disse que não compartilha da opinião geral de que “a inflação está morta”.


Com a dívida pública em níveis recordes na pandemia, “a decisão de começar a apertar as condições monetárias serão mais politizada”, disse em evento em Viena, porque os governos enfrentariam custos mais altos do serviço da dívida


“Será um desafio recuar da abordagem de política monetária atual, mesmo quando a inflação começar a subir”, disse em evento na holding estatal austríaca OeBAG.


A pandemia causou a pior recessão global em tempos de paz, por isso economistas e autoridades monetárias têm se concentrado principalmente nos efeitos negativos da deflação, e não na alta dos preços ao consumidor. Os principais bancos centrais globais também tiveram dificuldades para cumprir as metas de inflação na década que se seguiu à crise financeira global, apesar de injeção de trilhões de dólares em estímulos monetários.


Hildebrand disse que os novos regimes dos bancos centrais tentam, em parte, produzir cenários de inflação acima da meta. Essa tendência pode ser reforçada por pressões dos governos sobre os bancos centrais para manterem os juros baixos por um longo período.


Para a matéria completa, acesse: https://exame.com/invest/inflacao-global-nao-esta-morta-diz-hildebrand-da-blackrock/



O conteúdo disposto neste artigo foi originalmente publicado na Exame, sendo toda a responsabilidade, direitos autorais e crédito devido a seus autores.


Ao fazer um investimento em Ações visando lucro no longo prazo, é fundamental analisar alguns critérios. Por exemplo, a perenidade da empresa ou do setor no qual ela está inserida. Nesse sentido, será que vale a pena investir em BBDC4 – as ações preferenciais do Bradesco?


O setor bancário se destaca entre os investidores com foco na renda variável. Além de ter a característica de perenidade, os bancos também podem ser uma categoria lucrativa. Tais resultados estão diretamente relacionados ao grande spread bancário praticado pelas instituições financeiras no Brasil.


O Banco Bradesco, por exemplo, foi fundado na década de 1940, no interior de São Paulo. Ele se consolidou ao longo das décadas como um dos líderes do setor. No cenário atual, o banco possui agências em todos os Estados brasileiros, além de larga presença na maioria das cidades.


Neste artigo, você descobrirá mais sobre a instituição e conhecerá alguns pontos das análises feitas pela equipe do BTG Pactual para entender se vale a pena investir em BBDC4. Boa leitura!


História do Bradesco


O Bradesco é um banco múltiplo brasileiro, nomeado como sociedade anônima de capital aberto e negociado na bolsa de valores. Sua atividade principal é a oferta de produtos bancários, como contas-correntes, financiamentos e operações de crédito.


Antes de investir em Ações, é importante conhecer a história e os fundamentos das empresas que estão por trás dos papéis, certo? Então conheça um pouco mais sobre o Bradesco a seguir!


Década de 1940


O banco foi fundado em 1943, na cidade de Marília, no interior do Estado de São Paulo. O nome inicial era Banco Brasileiro de Descontos. Sua estratégia inicial consistia em atrair os pequenos comerciantes, os funcionários públicos e as pessoas de posses modestas.


A atitude era contrária à dos demais bancos da época, que tinham atenções voltadas para os grandes proprietários de terras. Além disso, o Bradesco foi um dos primeiros a estimular o uso de cheques pelos seus correntistas.


Em 1946, a matriz foi transferida para a capital paulista.


Década de 1950


Já em 1951, poucos anos depois da sua fundação, o Bradesco se tornou o maior banco privado do Brasil. Nessa década, a instituição chegou ao norte rural do Paraná e ergueu a nova sede em Osasco. Em 1956, foi criada a Fundação Bradesco, com o objetivo de levar educação gratuita a crianças, jovens e adultos carentes.


Década de 1960


Os anos 1960 foram a época marcada pela chegada da informática ao Banco. Em 1962, o Bradesco foi pioneiro na aquisição do primeiro computador da América Latina, que permitia o acesso a extratos diários dos clientes.


A prestação de tal serviço era inédita no país. A empresa também foi a primeira a implantar o Cartão de Crédito Bradesco, em 1968.


Década de 1970


A década de 70 foi marcada pelo milagre econômico brasileiro, com o país vivenciando taxas de crescimento anuais acima de 10%. O cenário favoreceu a expansão do Bradesco, que passou a atuar fortemente no segmento de crédito, especialmente no financiamento de veículos.


Nesse período, a instituição financeira incorporou outros 17 bancos. Ainda inaugurou duas novas unidades em 1978 em pontos extremos do país, chegando à milésima agência. A época também foi marcada pela implantação da cobrança automática e o banco começou a atuar em projetos agropecuários.


Década de 1980


Em meados de 1980, o Bradesco formou o grupo Bradesco Seguros, com negócios nos setores de previdência privada aberta e de capitalização, além da seguradora. As primeiras agências com autoatendimento e o Telecompras Bradesco foram implantadas.


Em 1986, o serviço Telesaldo, hoje Fone Fácil Bradesco, entrou em operação.


Década de 1990


Os anos de 1990 foram marcados pelo avanço tecnológico no banco, com todas as agências começando a trabalhar de forma online. Além disso, o Bradesco começou a implantar máquinas automáticas de saques, emissão de cheques e recolhimento.


Ainda durante o período, o banco disponibilizou o sistema de Internet Banking e o Bradesco Mobile Banking.


Década de 2000


Na década 2000, a empresa ficou à frente de segmentos como a Corporate, direcionada para o atendimento a grandes empresas, e a Private, voltada a clientes que possuem grandes patrimônios. O Bradesco continuou sua expansão através de novas agências e pontos de atendimento.


Seguindo no tempo, a instituição continuou crescendo. Até 2017, quase 20 incorporações foram realizadas. Em 2016, ele realizou a aquisição do HSBC Bank Brasil S.A. A instituição também patrocinou as Olimpíadas e Paraolimpíadas Rio 2016.


Tipos de Ações do Bradesco


Agora que você conhece um pouco mais sobre a história do Banco Bradesco, precisa entender quais são as Ações da empresa negociadas na bolsa de valores. Assim como muitas outras companhias da B3, o Bradesco também possui dois tipos de papéis negociados.


Conheça um pouco mais sobre as Ações ordinárias e preferenciais do banco:


BBDC3


BBDC3 é o ticker para as Ações ordinárias do Banco Bradesco. Esse tipo de Ação garante a participação em decisões da empresa, por meio de votos em reuniões e assembleias entre os acionistas.


A força da participação depende, claro, da quantidade de papéis que cada investidor possui. Dessa forma, quanto mais Ações do Bradesco se tem na carteira, maior será o poder de influenciar as decisões da companhia.


Como o banco é uma companhia muito grande, a participação em assembleias e decisões do conselho fica restrita aos grupos que possuem a maior parte dos papéis. Assim, para o investidor que não é institucional, a compra de BBDC3 não torna acessível a influência nas decisões.


BBDC4


O ticker para as Ações preferenciais do Banco Bradesco é BBDC4. Como o próprio nome sugere, esse tipo de ação dá preferência aos acionistas para o recebimento de dividendos e outras vantagens. Os investidores podem ter, portanto, maiores vantagens do que aqueles que possuem Ações ordinárias.


Um ponto positivo das Ações preferenciais do Bradesco é que a empresa possui um histórico recorrente de pagamento de dividendos. Além disso, elas têm maior liquidez na bolsa do que as Ações de outro tipo.


Mais informações sobre a empresa


O Bradesco chegou à bolsa de valores brasileira em 1977. A empresa é a segunda maior instituição financeira do Brasil, com aproximadamente 18% de participação de mercado em número de agências.


Além disso, o Bradesco atua também em operações de seguros, gestão de recursos, fundos de pensão, saúde suplementar, leasing, capitalização e cartões de crédito. No entanto, a operação de banco de varejo representa a maior linha de negócios.


O Bradesco oferece diversos serviços financeiros no Brasil e no exterior. Conheça algumas outras informações fundamentalistas sobre essa instituição financeira!


Condições de mercado


O Banco Bradesco tem participação no mercado total de crédito às pessoas físicas e no setor de crédito às pessoas jurídicas. A instituição também se destaca no mercado de crédito no segmento rural.


Entre as vantagens competitivas do Bradesco, estão:

  • participação relevante no mercado de seguros;

  • marca bem posicionada no mercado;

  • diversificação nas operações bancárias.

Valuation


De acordo com o relatório do BTG Pactual, publicado em 29 de outubro de 2020, o ROE estimado do Bradesco para o ano de 2020 é de 12,3%. O P/VPA por Ação estimado é de 1,3x. Já o P/L e o Dividend Yield são de 11,0x e 2,8%, respectivamente.


Resumo financeiro


Ainda segundo o relatório divulgado em 29 de outubro de 2020, a equipe de analistas do BTG Pactual estima que o Banco Bradesco fechará o ano de 2020 com uma receita de R$ 107.474 milhões.


O lucro líquido estimado é de R$ 16,951 milhões, e o Book Value ou valor patrimonial por Ação será de R$ 15,88.


Acesse o relatório completo para saber se no momento da leitura deste post, vale a pena investir em BBDC4.


Outros negócios


O Bradesco também tem investido em inovação. Em junho de 2017, após dois anos de pesquisas e investimentos, foi lançado o banco Next. A instituição é o primeiro banco 100% digital do Bradesco e é dedicada ao público jovem.


O Next é composto por uma equipe de matemáticos, antropólogos e cientistas sociais e oferece diversos serviços bancários sem que os clientes precisem ir a uma agência. Em setembro de 2019, ele passou a oferecer transferências bancárias ilimitadas e gratuitas aos seus correntistas.


De acordo com a equipe de analistas do BTG Pactual, em março de 2020, o Next alcançou 2,7 milhões de contas no segundo trimestre, o que representa um aumento de 145% ao ano. A estimativa é alcançar 3,5 milhões de clientes em dezembro de 2020.


Além disso, as transações cresceram 37% no trimestre, enquanto as transações de pagamentos e investimentos cresceram 69% e 76% no mesmo período.


Em relação a outros negócios, o Banco Bradesco também é proprietário da Ágora Investimentos. A empresa é uma corretora de valores brasileira, fundada em 1993, e é uma das maiores instituições financeiras do país.


A análise dos resultados do balanço do segundo trimestre de 2020 mostra que a corretora atingiu R$ 51 bilhões em ativos sob custódia e 450 mil investidores no período.


Afinal, vale a pena investir em BBDC4?


Finalmente, você deve estar se perguntando se vale a pena ter BBDC4 na sua carteira de investimentos. Para ajudar a responder essa pergunta, contamos com o apoio do relatório de análise de Ações do BTG Pactual divulgado em 29/10/2020.


O documento foi elaborado pela equipe de analistas composta por Eduardo Rosman, Thomas Peredo e Ricardo Cavalieri. Confira as principais informações obtidas no relatório:


Preço alvo das Ações


O preço estimado do ativo BBDC4 em 12 meses é de R$28,00.


Lucro líquido


De acordo com a divulgação de resultados realizada pelo banco, o lucro líquido ajustado atingiu R$ 5 bilhões (15% ROE) no 3T, alta de 30% na comparação trimestral, mas ainda com queda de 23% quando comparado ao ano passado. Com a ajuda de provisões para perdas com empréstimos abaixo do esperado, o lucro líquido ficou 14% e 9% acima de nós e do consenso, respectivamente.


Receitas de serviços, controle de custos e provisões vieram melhores do que o que estávamos modelando, enquanto os seguros e, principalmente, a NII (margem financeira), decepcionaram.


A administração parece confiante de que o pior da Covid-19 já passou e que a economia do Brasil está de volta ao caminho do crescimento.


Recomendação


Afinal, qual é a recomendação em relação às Ações do Bradesco? Na visão dos analistas do BTG Pactual, de acordo com o relatório de 29 de outubro de 2020, o Banco Bradesco tem possibilidade de valorização a mercado ao longo dos próximos 12 meses. Por isso, eles recomendam a compra do papel.


Em nossa área de análises você confere todos os relatórios das ações cobertas pelo nosso time de research.


Como investir em BBDC4?


Achou a análise interessante e ficou motivado para investir em BBDC4? Então confira alguns passos para fazer os seus investimentos:


Considere o seu perfil


Antes de comprar as Ações BBDC4, é importante se perguntar qual é o seu objetivo com o investimento e quais são as chances de precisar do dinheiro no curto prazo. Além disso, você precisa entender se o seu perfil de risco é adequado para o investimento em renda variável.


Em geral, o investimento é mais adequado para perfis moderados e arrojados. Também é interessante que você tenha um horizonte de longo prazo para investir em Ações.


Abra conta em um banco de investimentos


Para negociar na bolsa, é necessário ter conta em um banco de investimentos. Essa instituição financeira é autorizada a intermediar as operações. Ela recebe as ordens de compra ou venda e executa as operações na B3 em nome do investidor.


Você deve escolher um bom banco de investimentos para investir em Ações do Bradesco. Para isso, alguns fatores devem ser avaliados, como a taxa de corretagem, a facilidade de uso dos sistemas de negociação, as orientações sobre investimentos e a disponibilização de relatórios.


No BTG Pactual digital, é possível fazer todo o processo de abertura de conta de forma simples e 100% digital.


Digite o ticker e envie a ordem


Ao acessar a plataforma de investimentos, você deve buscar pelo ticker BBDC4. Logo, você verá algumas informações sobre o ativo — como o preço de negociação atual. Depois, é necessário escolher a quantidade de ações que deseja adquirir e enviar a ordem de compra.


Como você acompanhou ao longo desse artigo, é possível avaliar se vale a pena investir em BBDC4 a partir das análises da equipe do BTG Pactual – o maior banco de investimentos da América Latina. Com elas, se torna muito mais fácil entender o momento da companhia e identificar se o papel faz ou não sentido para o seu portfólio.


Antes de fazer seus investimentos, no entanto, não se esqueça de considerar o seu perfil e os seus objetivos. Isso é muito importante para tomar decisões mais alinhadas às suas necessidades!


Quer começar a investir agora? Então não deixe de abrir a sua conta no BTG Pactual digital!


Leia também: Investir em ABEV3: vale a pena comprar ações da Ambev?



O conteúdo disposto neste artigo foi originalmente publicado no blog do BTG Pactual Digital, sendo toda a responsabilidade, direitos autorais e crédito devido a seus autores.


O 13º salário está chegando. Com ele, a oportunidade de você quebrar um ciclo que normalmente se repete na vida das famílias brasileiras.


O ciclo a que me refiro é da dificuldade que vai se acumulando ao longo do ano, onde pequenas dívidas são criadas e planos vão sendo abandonados. Até que chega este momento de ter um recurso a mais disponível na conta e tirar algum atraso.


No artigo de hoje, explicarei como utilizar o 13° salário com inteligência financeira e quebrar de vez este ciclo.


A origem do 13° salário


O 13º salário foi criado justamente para ajudar o trabalhador a organizar melhor suas contas no fim do ano. O governo, ao incluir o 13° salário na Consolidação das Leis do Trabalho, na década de 60, já entendia que o trabalhador negligenciava os pagamentos que se concentram no fim do ano, as celebrações natalinas, e no começo do ano, como IPVA e IPTU.


Então foi imposta uma regra ao empregador. Ele deveria retirar uma parte do salário mensalmente e acumular essa parte do salário até o fim do ano. O trabalhador, com este recurso a mais, poderia lidar com o pico de gastos que ocorre neste período.


Consequentemente, o comércio iniciou um estímulo às compras, o que não era praticado até aquele momento. Teoricamente, seria uma época mais generosa para o consumo. Com isso criou-se este ciclo indesejado na rotina do brasileiro, o de usar o 13º salário para a celebração ou para o alívio.


Como quebrar o ciclo


Se eu utilizo 13º salário no fim de ano, começo o ano sem recursos para pagar os gastos típicos de início de ano (Ex: impostos, matrícula e material escolar) e então sou obrigado a parcelar essas despesas. Dessa forma, parcelamentos vão impor ao orçamento uma pressão que antes não existia.


São compromissos que, diante de possíveis imprevistos ao longo do ano, não podem ser cancelados. Assim, há o risco maior de assumir uma dívida e entrar no vermelho.


Para não passar por esta situação, existe uma estratégia composta de três passos a seguir:


Elimine as dívidas: pessoas endividadas devem utilizar o 13º salário para eliminar qualquer tipo de pendência. Está usando o cheque especial, o rotativo do cartão, pagando algum empréstimo não planejado ou está com algum tipo de desequilíbrio e atrasou algum compromisso pessoal? Utilize o 13º salário para quitar essa obrigação e começar o ano novo mais leve.


Elimine os compromissos de início de ano: Olhe para os meses que vêm pela frente e avalie os seus compromissos. Caso tenha impostos da sua casa ou carro, matrícula escolar, material escolar dos seus filhos, separe este recurso para liquidar, de preferência à vista, estas despesas.


Celebre: Se sobrar, utilize esta verba para celebrar em família. Talvez um Natal mais generoso, caprichar nas caixinhas, gorjetas, doações, nos presentes ou celebrar um descanso, pois muita gente sai de férias nesse período.


Leia também: Black Friday vale a pena? Oportunidades e Armadilhas


Conclusão


Tecnicamente, o 13º salário é uma oportunidade de arrumar as contas que estão desequilibradas no fim do ano. Quem tem muitas dívidas acumuladas vai ter um Natal um pouco mais racional. Quem tem grandes compromissos em janeiro, também. Neste caso você deverá utilizar a criatividade para as suas férias e para presentear pessoas queridas.


Por outro lado, um bom planejamento pode fazer do 13º salário uma oportunidade de acelerar algum objetivo. De repente, este bom planejamento se transforma em uma viagem, um curso ou uma troca de carro. Enfim, colocará você em uma situação que permita usar este recurso sem desestruturar o seu planejamento financeiro.


Se você, com um pouco de criatividade e sacrifício, tiver os recursos que precisa para liquidar os gastos de início de ano sem utilizar o 13° salário, já começa o ano novo com o orçamento mais tranquilo. Consequentemente terá menos prestações e um orçamento mais flexível, porque terá talvez gastos que possam ser cancelados diante de algum imprevisto. Assim, você terá alguma reserva financeira que, quanto mais tempo estiver investida, mais rentável será.


Afinal, o 13º salário é uma ótima oportunidade de você quebrar um ciclo indesejado nas finanças pessoais e começar o próximo ano com uma resolução bem encaminhada: o equilíbrio financeiro.


Sucesso em suas escolhas.



O conteúdo disposto neste artigo foi originalmente publicado no blog do BTG Pactual Digital, sendo toda a responsabilidade, direitos autorais e crédito devido a seus autores.

Tranquilidade_agende_reuniao_banner
Investimentos, Ações, conta no exterior, offshore, banco de investimentos, câmbio, dólar, euro, ouro, petróleo, Investir em ações, petrobrás, Vale, renda fixa, cdb, LCI, LCA, Debêntures de Infraestrutura, educação financeira, fundo de renda fixa, Juiz de fora investimentos, fundos imobiliários, aluguéis, Letras Financeiras, Títulos do Tesouro, viver de renda, viver de juros, investimento seguro, long & short, corretora de valores, assessoria financeira, viver de bolsa, viver de renda, fundos imobiliários, viver de aluguéis, previdência privada, aposentadoria com qualidade, investir em ações, dividendo, DPGE, FGC, XP, btg, pactual, private, BNDES, empréstimos, covid-19, corona vírus, pib, atendimento por videoconferência, assessoria financeira, investimentos, ubá, viçosa, três rios, petrópolis, barbacena, visconde do rio branco, tocantins, rio de janeiro, duque de caxias, barra da tijuca, recreio, zona sul, jacarepaguá, lavras, timóteo, coronel fabriciano, ipatinga, governador valadares